terça-feira, 22 de maio de 2012

Dica de leitura: O mundo à mesa


Chef Kumalé conduz os leitores por deliciosa viagem gastronômica
   
Os hábitos alimentares não devem ser criticados apenas pelo fato de serem diferentes dos nossos. É preciso, ao contrário, explicá-los e compreendê-los, considerando o contexto em que foram gerados, para que assumam um significado e uma razão de ser.”
Por que o vinho é proibido para os muçulmanos, os hindus não comem carne de vaca e os judeus alimentam-se apenas de animais que têm o casco dividido e são ruminantes? As respostas estão em O mundo à mesa – preceitos, mitos e tabus da gastronomia, lançamento da Saberes Editora.
Esta obra trata dos diversos aspectos que definem os hábitos alimentares dos seres humanos: a religião, as festividades, o tipo de comida e a história gastronômica de algumas regiões, principalmente daquelas de tradição imperial. O autor deste verdadeiro manual gastronômico é o jornalista italiano Vittorio Castellani, sob o pseudônimo Chef Kumalè. Nascido nas tradições culinárias da Itália – um dos países mais apetitosos do mundo ocidental – além de “gastrônomade” e pesquisador dos hábitos alimentares mundiais, ele escreve para diversas publicações italianas e leciona na Universidade de Ciências Gastronômicas de Pollenzo.
No apêndice do livro, o leitor se depara com algumas receitas exóticas, como sopa de cobras, escorpiões amarelos e galinha velha, um prato típico chinês. E ainda descobre do que é feita a iguaria Bhang lassi, bebida típica da cidade indiana de Benares preparada com maconha, leite e especiarias. Por estas razões, além de poder ser usado como um guia para evitar situações “amargas” durante viagens, O mundo à mesa – preceitos, mitos e tabus da gastronomia é uma obra indispensável para profissionais, estudantes e amantes da gastronomia e um livro “ao ponto” para o leitor curioso.
E por que ler O mundo à mesa? Porque o autor acompanhou de perto o crescimento do nicho editorial de gastronomia nos últimos anos, que encheu prateleiras de livrarias e criou novas editorias em jornais e revistas. Mas o conteúdo dos guias sobre o assunto nem sempre é relevante. Há muito sobre “o que e onde comer”, muitas compilações de receitas, mas pouco estudo dos hábitos alimentares, algo inaceitável em um mundo cada vez mais globalizado e com pessoas aventurando-se em culinárias dos quatro cantos do mundo.
Como pesquisador, Kumalè acredita que a gastronomia é muito mais do que comida, porque os seres humanos são os únicos animais que não comem apenas pela necessidade de nutrientes. Sua visão transforma esta obra em um guia antropológico e histórico da alimentação humana ao redor do planeta.

FICHA TÉCNICA
Páginas: 240
Dimensões: 21x15 cm
ISBN: 978-85-62844-18-8
Preço: R$ 29,00

SOBRE O AUTOR
O jornalista italiano Vittorio Castellani é o chef Kumalè, um “gastronômade” por excelência, além de ávido pesquisador de hábitos alimentares do mundo. Professor da Universidade de Ciências Gastronômicas de Pollenzo, na qual participa do projeto “Rotas dos Gostos”, também ensina e orienta alunos do mestrado em enogastronomia e da Universidade de Siena. Além disso, é colunista de importantes revistas de gastronomia e turismo europeias e mantém o site Couscous Clan: www.ilgastronomade.com 
Conheça outros livros do catálogo da editora: www.sabereseditora.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário