quinta-feira, 10 de março de 2016

Ovos de Páscoa que cabem no orçamento

Ovos de Páscoa derivam dos pâtissiers franceses. 
O da Foto é o da Bella’s Confeitaria

Quando pensamos em páscoa logo nos vem a imagem de deliciosos ovos de chocolate, de diversas formas, sabores e tamanhos. Entretanto a páscoa que conhecemos nem sempre foi comemorada dessa forma, a tradição milenar vem evoluído através dos séculos e sofrendo alterações nas práticas que descendem da cultura europeia.
Tudo começou com a antiga tradição dos povos mediterrâneos, de se presentar com ovos quando fenômenos naturais indicavam a chegada da tão aguardada primavera. Os ovos eram decorados com diversas gravuras que remetessem de alguma forma aos elementos da natureza ou plantas da estação, podendo também ser cozido junto a raízes ou ervas que os ornassem com corantes naturais. O povo da época durante o período da primavera adorava Ostera, deusa da fertilidade, amor e renascimento cuja conjunção dos três símbolos (ovo, lebre e mulher) eram a ela associados.
Posteriormente a entrada dos símbolos no cristianismo se deu durante o Concilio de Niceia, onde clérigos tinham a preocupação de ampliar o seu número de fiéis por meio da adaptação de algumas antigas tradições e símbolos religiosos, a partir de então, era notável a pintura de vários ovos com imagens de Jesus Cristo e sua mãe, Maria.
Séculos mais tarde, durante o período pascal, o hábito de presentar com ovos era presente em países da Europa oriental. Eduardo I da Inglaterra oferecia ovos banhados a ouro para seus súditos preferidos. Já Luiz XIV da França os mandava pintados e decorados, contendo diversas surpresas aos presenteados.
Os ovos que conhecemos e tanto apreciamos, derivam dos pâtissiers franceses que recheavam os ovos de galinha vazios, com chocolate e decoravam as cascas com belas pinturas. No final do século XIX saiam das fábricas os primeiros ovos totalmente feitos de chocolate, usados como forma de presentar até os dias de hoje.


Páscoa em tempos de crise
Para driblar a crise econômica a Padaria e Confeitaria Sul América, que trabalha com as principais marcas de ovos de chocolate existentes no mercado, reduziu valores e está oferecendo os melhores preços da cidade. “Apesar de o chocolate ter aumentado 10%, a ideia é que ninguém deixe de comprar o tradicional ovo de páscoa, apesar dos salários corroídos pela inflação”.

Chocolate caseiro, uma boa opção!
Apaixonada por chocolate, Isabella Carvalho começou há um ano com a Bella’s Confeitaria e já colhe o fruto do seu trabalho impecável. Formada em confeitaria pelo Senac, investiu em produtos a base de chocolate e fabrica trufas, pão de mel, naked cake e panetones trufados de tirar o fôlego. Ela ainda adapta seus produtos para eventos sazonais de acordo com a procura dos clientes e está sempre em busca de novas opções para driblar a crise.
“Para a Páscoa a grande sensação são os ovos trufados de colher nos sabores de Nutella, coco, menta com marshmallow e maracujá”, conta a confeiteira que também trabalha ainda com ovos de produzidos chocolate belga. Atualmente, seus produtos podem ser encontrados na Empada Brasil, Vespertino, ou diretamente com ela através dos seus contatos mencionados na matéria.


Serviço
  • Padaria Sul América – Rua do Imperador 1033, Centro – Telefone: (24) 2242-3156
  • Bella’s Confeitaria – (24) 2235-6864  /98165-5907 ou pelo e-mail: bellarocha@terra.com.br




Nenhum comentário:

Postar um comentário