quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Tiramisu: o mais famoso ‘dolce’ italiano


O Tiramisu da Trrattoria S’a Carola tem creme especial desenvolvido pelo chef Marcelo Pieri. (divulgação)

A origem e as tradições dos famosos pratos existentes no mundo sempre passeiam por histórias interessantes, contos e lendas. O Tiramisu é o doce italiano mais famoso, e é hoje conhecido e apreciado mundialmente. Assim como muitos pratos, teve uma origem regada de curiosas historias.
O principal ingrediente do Tiramisu é o creme de Mascarpone. Trata-se de um queijo Italiano, suave, variando de 60% a 75% de gordura. Possui um sabor delicado, é bastante cremoso, e de cor branca. É da região da Lombardia, ao norte da Itália, área bastante agriculta e leiteira.
O Mascarpone é feito a partir do leite de vaca, sem o uso de queijo coalho ou fermento em sua produção. A umidade é drenada através do uso de uma pequena quantidade de acido cítrico, e um pano bem fino. O resultado é um creme liso, que serve de base para muitas receitas, como por exemplo, essa famosa sobremesa italiana.

Origem do Tiramisu
Uns a localizam no século XX, após a Segunda Grande Guerra, em Treviso, Vêneto. O nome viria da sobremesa energética "che ti tira su" (que te faz levantar) usada para revigorar boêmios, em especial nas noitadas dos bordéis  do Vêneto . Outra possibilidade é que o Tiramisù teria sido inventado na região da Toscana, e compreende um pavê com creme de Mascarpone, massa de pão-de-ló (geralmente substituído por biscoito inglês ou de champanhe), molhado no café, vinho marsala, cacau em pó e/ou chocolate em barra, tudo disposto em camadas.
Uma das versões conta que Siena, na Toscana, havia sido dominada por volta do século 16 pela família dos Médici, senhores de Florença. Em homenagem a um deles, teria sido inventado um doce que deu origem ao Tiramisu. Esse doce criado para homenagear o Granduque de Florença, tinha o nome de “Zuppa del Duca”, e era feito com ovos , leite e vinho marsala, e por isso era chamado também de sopa inglesa. Segundo historiadores, o doce tinha como objetivo produzir um descendente para a família, e parece realmente ter dado certo, pois, Granduque Cosme Terceiro teve três filhos. Ao Tiramisu acrescentou-se o café, considerado afrodisíaco, e o chocolate, que era estimulante, e por causa dessa combinação, esse pavê era consumido na Toscana antes dos encontros amorosos. Depois disso, a popularização do Tiramisu na Itália foi questão de tempo. Em todo o país, milhares de turistas procuram por doçarias que vendem exclusivamente esse famoso “dolce”. A velha disputa pela paternidade da receita também acontece com o Tiramisu, e algumas cidades da Itália “brigam” pela origem da sobremesa. O fato é que a Itália se destaca na gastronomia pela importante e fundamental valorização da história e das tradições, e é possível ver que a alegria de comer por lá é diferenciada.

O verdadeiro Tiramissu em Petrópolis
Na Cidade Imperial, precisamente no Pólo Gastronômico do Valparaiso, uma receita de Tiramisu tem encantado os frequentadores da Trattoria S’a Carola. A receita criada pelo chef Marcelo Pieri é uma verdadeira surpresa, já que ele próprio desenvolveu uma forma de produzir o que seria o Mascarpone, um creme liso e de textura aveludada, que dá um sabor todo especial ao doce. Uma verdadeira delícia!

SERVIÇO
Trattoria S'a Carola
Rua Gonçalves Dias, 414 – Valparaíso
Tel.: (24) 2237-9562



Nenhum comentário:

Postar um comentário