sexta-feira, 8 de setembro de 2017

A gastronomia de um MasterChef Profissional

O petropolitano Rodrigo Einsfeld conta sua trajetória em entrevista ao Caderno de Gastronomia


Chef Rodrigo Einsfeld (Divulgação)

por Vitor Garcia
Aperfeiçoando seu dom com as panelas e trocando os palcos pela cena dos sabores, o empresário e chef de cozinha, Rodrigo Einsfeld, de 36 anos, transformou momentos de “sufoco”, em uma chance de sucesso. Começando sua carreira no teatro como ator e produtor, logo encontrou na gastronomia a sua arte culinária. Após constantes destaques no meio em que atua, foi escolhido para participar em rede nacional do Reality Show “MasterChef Profissionais”, na TV Bandeirantes.
Cozinhando profissionalmente há oito anos, o petropolitano relembra parte da sua trajetória e revela como iniciou o gosto pela culinária.
– Me mudei para São Paulo com a intenção de trabalhar como modelo. Fiz alguns trabalhos como ator, inclusive participando da série “Força Tarefa”, da TV Globo. Dividindo o apartamento com alguns amigos na época, eu era quem se arriscava na cozinha. Saí de casa muito cedo, então aprendi a me virar. Eu sempre ligava para minha mãe perguntando algumas receitas – sorriu.
Fazendo da culinária um hobby, Rodrigo começou a se aprimorar na área, buscando novos horizontes.
– Após um amigo dizer que eu levava jeito para gastronomia, resolvi estudar e dedicar a minha vida a isso. Fiz diversos cursos paralelamente e, quando percebi, já estava nesse novo mundo. Antes da competição na TV, cheguei a participar de algumas competições gastronômicas na faculdade.
Com formação superior em Gastronomia, e cursos de extensão na bagagem, o chef passou pelos mais refinados restaurantes. Em 2011, montou sua empresa e três anos depois concretizou seu projeto com mais quatro sócios, o Barê.
O gastrobar idealizado pelos sócios Malvino Salvador, Clovis Mello, Luiz Melo, Raphael e Rodrigo Einsfeld, é um local onde os visitantes podem notar uma alta gastronomia, com muitos drinques inusitados para acompanhar. O chef petropolitano é o responsável pelo desenvolvimento de todo o conceito do cardápio e também pelo comando da cozinha do gastrobar.
– Quando me perguntam sobre a gastronomia que eu exerço, eu digo que minha especialidade é fazer comida boa e ver as pessoas felizes. Eu gosto de cozinhar, seja o que for – disse o chef.
Ganhando destaque no ano anterior pelo seu trabalho, Rodrigo relatou a experiência e admitiu o seu ponto fraco na cozinha.
– A minha participação infelizmente não foi tão longa e acabei saindo na primeira prova de confeitaria. Tivemos que fazer a torta Ópera, e essa área de doces, a pâtisserie, realmente nunca foi o meu forte. Ao todo, participei de cinco episódios do MasterChef Profissionais – contou.
Questionado sobre a essência de seu trabalho, e o que o faz diferente dos demais profissionais, Rodrigo nem precisou de tempo para pensar.

– Cada um tem um perfil diferente do outro. A minha base é exatamente aquilo que o programa mostrou: um cara alegre, família e profissional. Posso dizer que o diferencial é sempre querer o melhor para a equipe que está com você, pois sem eles eu não seria ninguém na cozinha – concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário