quarta-feira, 6 de maio de 2015

O Preço do Vinho

por Flávia Medeiros*
No mercado brasileiro, encontramos vinhos com preços muito variados, desde os que custam poucos reais até os que valem muito. Para quem não bebe diariamente mais sim em datas específicas do ano como o Dia das Mães que chega logo, é notória a alta de cada garrafa ao decorrer dos meses. Saiba que, além de datas comemorativas, existem outros fatores que influenciam o preço dos exemplares.

Provavelmente você, como apreciador de vinhos, já deve ter se perguntado por que há valores tão distintos entre uma garrafa e outra.
Para compreender o porquê disso, é preciso analisar os custos da vinificação e de todos os processos. São eles: custos com a produção, impostos ( é a maior fatia) e os efeitos do mercado.

$) Custos para Produzir
Desde o custo do metro quadrado de terra onde o vinhedo é plantado, passando pela produção do vinho e até o momento em que ele seja vendido a um distribuidor ou ao consumidor, vários processos podem acrescentar valor ao exemplar. Seriam muitos a enumerar.

$) Preço da Uva ( matéria prima): o preço do quilo da uva é influenciado diretamente pelo renome do vinhedo que, por sua vez, tem origem na fama que os vinhos produzidos alcançam no mercado.

$) Rendimento do Vinhedo: quando o vinhedo é muito produtivo, termina por gerar uvas de menor qualidade, com frutos mal nutridos.
Assim, menores produções geram uvas com maior concentração dos componentes necessários para dar qualidade aos vinhos, embora isso reduza o volume total do vinho produzido, encarecendo o produto.

$) Mão de Obra: esse é outro item cujo preço varia muito conforme o país e a região. Seja nos tratos com o vinhedo, colheita ou vinificação, ela é cada vez mais cara e rara. O custo com uma colheita feita à mão é muito maior que a mecânica.

$) Custos da Vinificação: são vários os processos que encarecem o vinho. O uso de mão de obra em processos como seleção manual de grãos, o uso de tecnologia de ponta nos equipamentos (tanques de fermentação, prensas, etc), instalação e manutenção de um laboratório de análises, aquisição de leveduras selecionadas, uso de barricas de carvalho novas (o preço de uma barrica de carvalho francês, por exemplo, pode chegar a R$ 10.000,00).
Tudo o que o enólogo tem à sua disposição e as escolhas que faz vão impactar no preço final do produto. Além disso, outros custos como rolhas, rótulos, garrafas, marketing, etc, também contribuem para o aumento do preço.

$) E lá vem eles... Os Impostos
Mesmo para quem já tem conhecimento, o montante é sempre assustador. A carga tributária total que incide sobre o preço do vinho importado chega a cerca de 85%, divididos entre IPI, ICMS, PIS, Imposto de Importação, Cofins, e outros. É surpreendente!
Vale lembrar que os vinhos da área do Mercosul são isentos do Imposto de Importação (aproximadamente 20% da carga tributária).

$) Efeitos do Mercado
Seja ao longo da história ou mais recentemente, graças a técnicas bem desenvolvidas, é sempre o marketing bem conduzido que faz com que os produtos adquiram fama no mercado mundial, aumentando suas demandas.
Aí chegamos à conhecida “Lei da Oferta e da Procura”. Quando mais desejado for um vinho e menor for a sua oferta, maior será o seu preço.
Dessa forma, o produtor elevará o valor do seu produto até o limite que o mercado esteja disposto a pagar, valor que pode estar muito acima das possibilidades da grande maioria dos apreciadores da nobre bebida.
Apesar de se poder questionar o valor de vinhos que atingem preços inacreditáveis, não se pode negar a grande qualidade que eles possuem, sobretudo, aqueles que já gozam de reconhecimento há muito tempo.
Então caro leitor, para o almoço com sua mamãe, escolha um vinho interessante porém acessível, pois nem sempre o mais caro é o melhor, e com certeza para ela, o seu amor sim é impagável!
Parabéns as Mães enófilas  e também as marinheiras de primeira viagem pelo seu dia!

(*) Flávia Medeiros
Consultora em vinhos e com especialização na área. No Brasil é uma das poucas profissionais que conta com a certificação Wine & Spirit Education Trust – Level 2. Contato: chateaumedeiros@hotmail.com 




Nenhum comentário:

Postar um comentário