terça-feira, 31 de março de 2015

Chocolates artesanais roubam a cena e viram os queridinhos da Páscoa

por Anna Paula Di Cicco
Se durante o ano todo eles são considerados os vilões, é nesta época que eles se
transformam na paixão nacional. Sim, estamos falando dos chocolates. As delícias em barra ganham formas no mês de abril e aparecem nos tradicionais ovos de Páscoa, coelhinhos e cenouras entre outros.
A variedade é imensa, assim como a concorrência. Mas, a cada ano que passa, são os chocolates artesanais que vêm ganhando espaço. Diversos fatores podem ser apontados para você preferir eles aos industrializados, mas o principal é a certeza de um produto exclusivo. Feitos à mão, os ovos podem até ter o mesmo peso, embalagem parecida, mas nunca são exatamente uns iguais aos outros.
Além disso, há a possibilidade de personalizar seu presente. Claro que na Páscoa os ovos são quase que uma unanimidade nas prateleiras, mas durante todo o ano é possível presentear alguém especial – e porque não a si mesmo – com um chocolate feito especialmente para cada ocasião.  
Em Petrópolis, um dos trabalhos mais procurados é o de uma “artesã de mão cheia” (pois podemos chamá-la assim). Gisele Carius trabalha há cinco anos com bolos artísticos, cupcakes, tortas e salgados. E não há quem resista aos seus chocolates artesanais. Os quitutes, que são vendidos sob encomenda e também de porta em porta, ganharam atenção especial com a proximidade da Semana Santa.
E para driblar a concorrência com o mercado industrial e ganhar sua clientela, ela garante que a fórmula é manter-se atualizada, buscando respostas em sua criatividade. “Estou sempre fazendo cursos e pesquisas para ter o meu diferencial. Com isso, acabo criando muitas receitas”, afirma.
Ela, que antes de ser autônoma trabalhou como caixa em algumas lojas da Cidade Imperial, conta que um dos truques é saber também lidar com os altos de baixos da economia. “Com os preços aumentando constantemente, tenho que dar uma incrementada nos produtos para poder chegar à altura dos preços”, comenta.
Mas como começamos julgando nosso principal personagem (chocolate) como vilão, saiba que ele nem sempre é um destruidor de dietas e pode, inclusive, ser benéfico. Especialistas apontam que o cacau é rico em inúmeros minerais essenciais à saúde e vitaminas,
além de possuir substâncias antioxidantes e diminuir o risco de doenças cardiovasculares, de câncer, estresse e depressão. O chocolate também é conhecido pela liberação de serotonina – hormônio que dá sensação de bem estar. 
Claro que todos esses benefícios estão longe do consumo compulsivo, mas pode sim ser diário. Na verdade, é indicado que se consuma um tablete pequeno por dia, de preferência do tipo amargo (como os indicados com 70% de cacau, que possuem menor teor de gordura).
Então aproveite o mês de abril, junte seus souvenires de Páscoa e consuma com moderação. E não se esqueça: sua “serotonina embalada” é bem-vinda o ano todo desde que ingerida de forma correta. Saboreie seu chocolate sem culpa!

SERVIÇO
Delícias da Gi
Gisele Carius
Chocolates artesanais e as outras delícias citadas nesta matéria podem ser encomendadas pelo telefone 2249-6963 ou 98819-2920.




Nenhum comentário:

Postar um comentário