segunda-feira, 21 de maio de 2012

Dica do blog: A Hora e a Vez do Milho


Esta é a semana do milho, comemoração alusiva ao Dia do Milho, que é celebrado anualmente no dia 24 de maio. Essa celebração se justifica: produto nativo das Américas, o milho está incorporado à culinária e à cultura do brasileiro desde mesmo antes do descobrimento do Brasil, em 1500, pois o cereal já era uma das fontes de alimentos dos indígenas brasileiros.
Um dos grãos mais cultivados do planeta, o milho é uma das mais importantes culturas brasileiras. Ele é, ao lado da soja, o produto mais cultivado no país, ocupando 15,4 milhões de hectares, área que deverá produzir 65 milhões de toneladas do grão, conforme estimativas da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
Sua importância é explicada por sua versatilidade. O milho tem mais de 150 aplicações, sendo o principal insumo na alimentação de aves, suínos, gado de leite, peixes e outras criações. O grão também participa do processo de produção de papéis, têxteis, medicamentos, tintas e diversos outros produtos industriais.
Sua mais nobre utilização, entretanto, é na alimentação humana: na forma de milho verde, pamonha, creme de milho, canjica, pipoca, canjiquinha, cuscuz, pães, bolos, biscoitos, dentre dezenas de outros produtos.
Sua aceitação e popularidade podem ser medidas por sua participação na cozinha do brasileiro e até no nosso folclore: o milho é uma das estrelas das tradicionais festas juninas, largamente consumido sob a forma de pamonha, pipoca, milho verde etc.
Comemore a Semana do Milho com uma das receitas especialmente selecionadas pela Associação Brasileira da Indústria do Milho (Abimilho) para você. 

Canjicada Goiana

Ingredientes
500g de milho para canjica amarela
1 lata de leite condensado
500ml de leite
1 vidro de leite de coco
2 paus de canela
coco ralado
amendoim torrado e moído
açúcar a gosto

Preparo
Lave o milho para canjica. Em seguida coloque-o em uma panela de pressão, enchendo-a quase pela metade com água (um pouco menos da metade), com a canela em rama.
Quando der pressão, coloque em fogo médio e aguarde cerca de 40 minutos.
Ao final do tempo, abra a panela e confira o cozimento.
O milho deve estar bem molinho, pois o leite tende a endurecer um pouco o produto.
Quando estiver cozido, acrescente o leite, o leite condensado, o leite de coco, o coco ralado e o açúcar.
Deixe ferver com a panela destampada, até engrossar.
Sirva quente com amendoim moído à parte, para quem o desejar. 


Broa de Fubá com Coco 


Ingredientes
2 xícaras (chá) de fubá
1 e ½ xícara (chá) de farinha de trigo peneirada
4 xícaras (chá) de leite
2 xícaras (chá) de açúcar
½ xícara (chá) de manteiga
1 xícara (chá) de coco ralado
1 e ½ colher (sopa) de fermento em pó
3 ovos

Preparo
Bater no liquidificador os ovos, açúcar, leite e a manteiga até obter uma mistura homogênea. Coloque a massa em uma tigela, adicione o fubá, farinha de trigo, o coco ralado e o fermento e misture bem. Despejar em tabuleiro untado e assar em forno quente por 30 minutos. Povilhar açúcar refinado com canela sobre a broa ainda quente e servir.

Bolo de Fubá de Micro-Ondas

Ingredientes
1 xícara (chá) de leite quente
1 ½ xícara (chá) de milho “flocão”
1 xícara (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de farinha de trigo
3 ovos
 1 xícara (chá) de leite de coco
1 xícara (chá) de coco ralado (reserve 1 colher (sopa) para untar o pirex)
1 colher (chá) de canela em pó
1 colher (sobremesa) de fermento em pó químico
1 colher (chá) de margarina para untar.

Cobertura
½ xícara (chá) de leite
6 colheres (sopa) de achocolatado em pó.

Preparo
1.Bata no liquidificador o leite quente com o milho “flocão”
2. Acrescente o açúcar, a farinha de trigo, os ovos, o leite de coco, o coco ralado e a canela em pó.
3. Por último, misture o fermento e continue batendo.
4.Unte um pirex com a manteiga e polvilhe com o coco reservado, coloque a massa do liquidificador e leve ao microondas por 12 a 15 minutos. Desinforme depois de frio.
5.Cobertura: Misture bem o leite e o achocolatado e coloque por cima do bolo, depois de assado.

FONTE: Abimilho Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário