quarta-feira, 14 de março de 2012

Bebericando: o vinho certo para o clima serrano



Com personalidade degustativa e aromáticas, as uvas Malbec e Pinot Noir se destacam

Apresentando textura, aroma e características degustativas especiais, os vinhos feitos a partir das famosas uvas francesas Malbec, e das de difícil cultivo Pinot Noir, se tornaram a preferência dos que buscam refúgio no clima da Região Serrana. Com aromas intensos, a escolha se dá pela tonalidade escura, de taninos redondos, resultando em um líquido macio e de grande personalidade que harmoniza perfeitamente com o clima serrano. Oferecendo um pouco deste sabor diferenciado dos vinhos, o restaurante Don Bistrô se destaca por proporcionar acessibilidade ao sabor estrangeiro no aconchego da Serra.
Dentre os rótulos de vinhos que mais agradam, com uma uva bem tencionada, aroma diferenciado, e textura bem harmonizada, estão o Kaiken Reserva Malbec, clássico argentino, e o Pigmentum Cahors Malbec 2009, elaborado no sul da França, mais austero que os similares argentinos. Segundo o sommelière Levy Carvalho, ambos são excelentes escolhas para o final de verão, assim como as demais estações, que apresentam clima mais ameno na serra. “O tradicional Kaiken, das terras argentinas, em sua Reserva Malbec apresenta um tinto de coloração violeta intenso. É frutado, macio e de bom corpo. Com palato rico e fresco, em boca é intenso, com notas de baunilha”, descreve o especialista. “Mostrando-se uma ótima surpresa para os que ainda não provaram os clássicos Malbec franceses, temos o Pigmentum Cahors. Diferente do Malbec Mendocino, de origem argentina, aqui encontramos um interessante toque de rusticidade e elegância. É macio, de grande personalidade. Deixa a boca enxuta, é agradável, intenso e persistente. Acompanhamento perfeito aos pratos que apostam em massas servidas com molhos vermelhos, cogumelos e ervas. Como também a clássica carne vermelha. Um dos fortes da Serra”, completa.
            Diferenciando-se na produção, devido ao uso da uva Pinot Noir, porém harmonizando-se aos pratos com o requinte do outono e inverno, Levy destaca o vinho La Posta 2008, da produtora Bodega Esmeralda. “Com uma tonalidade violeta escura, e o forte aroma da uva tipo Pinot Noir, este vinho da região de Tupungato, na Argentina, além de muito perfumado, é equilibrado e tem uma forte consistência”, detalha. “Com taninos médio, acidez acentuada, porém incomparavelmente agradável, combina com as variedades de aves e grelhados em geral. O La Posta é a escolha ideal para momentos especiais”, aconselha Levy.
Buscando a harmonia entre vinho e culinária, a paulista Luíza Leal de 64 anos, tornou em costume, o hábito de vir à serra para degustar os pratos do Don Bistrô, acompanhados sempre do sabor diferenciado dos Malbec. “Sempre tive a Região Serrana do Rio, em especial Petrópolis , como sendo o ponto ideal para uma boa culinária.”, explica Luíza. “Eu e meu marido estamos sempre viajando. Descobrimos o Malbec em uma de nossas viagens à Argentina, e recentemente ao visitar a região de Itaipava, encontramos uma sintonia perfeita entre os prazeres alimentícios do Don Bistrô, mesclados ao bom Malbec argentino”, completa a paulista que em toda oportunidade desfruta do ambiente e conforto do bistrô.
Apostando na diversidade de rótulos, do charme serrano, e da harmonia entre três ambientes, Marcelo Florencio, proprietário do Don Bistrô, aposta no diferencial do restaurante e dos vinhos oferecidos. “Vinhos despertam curiosidade. Junto a um cardápio requintado e um lugar descontraído, a dupla se torna um atrativo para muitos turistas e moradores.”, explica Florencio.

FONTE: Assessoria

SERVIÇO
Don Bistrô
Endereço: Vila Luiz Salvador, na Estrada União e Indústria, 10.550 – Itaipava.
Reservas pelo telefone (24) 2222-6226


Nenhum comentário:

Postar um comentário